Balanço positivo para soja e milho

27 de janeiro de 2018 - 10:12

Alta e recorde na exportação dos grãos

• Receita com exportações de milho cresce 9% em MT:

Em 2017, o Brasil exportou 29,2 milhões de toneladas de milho. Desse total, Mato Grosso representou 62,5% do total enviado ao exterior, com 18,3 milhões de toneladas. Segundo o Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea), esse alto volume exportado se deve à safra 16/17 ter apresentado recorde de produção, aliado à ocorrência dos leilões públicos, que possibilitou fluidez nos embarques.

Com isso, as exportações do milho mato-grossense proporcionaram ao Estado uma receita de R$ 2,8 bilhões durante o ano de 2017, o que corresponde a um incremento de 9,1% frente ao que foi visto na média dos últimos cinco anos. No entanto, apesar de 2017 ter apresentado um aumento significativo no volume exportado, o valor praticado no mercado limitou um aumento ainda maior na receita das vendas.

Para a safra 17/18 o Imea projeta que MT exporte 15,58 milhões de toneladas, ficando aguardados, assim, embarques menores para 2018.

• Mato Grosso exporta volume recorde de soja

A exportação de soja bateu recorde em Mato Grosso no ano passado. Segundo dados da Secretaria de Comércio Exterior (Secex), foram vendidas ao exterior 18,0 milhões de toneladas.

Segundo avaliação feita pelo Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea), as exportações cresceram pelos portos do Arco-Norte, com 42,7% do volume escoado. O destaque fica para o porto de Barcarena (PA), que apresentou acréscimo anual de 92,6%. No entanto, o Porto de Santos (SP) continua sendo a principal rota de escoamento da soja no Estado.

Também no ano passado, a China importou o maior volume de soja mato-grossense da série histórica, sendo responsável por 65,4% do total. Para 2018, espera-se que as exportações de soja por mato-grossenses continuem intensas, apresentando leve recuo anual em virtude de uma menor expectativa de produção.
.
.
Matérias extraídas do site: http://www.uagro.com.br/