BRASIL PODE IMPORTAR QUANTIDADE HISTÓRICA DE SOJA, BOA PARTE DOS EUA, DIZEM CONSULTORIAS

8 de outubro de 2018 - 12:00

Se confirmada essa compra do exterior, há uma perspectiva de que o preço do grão recue no país.

As demandas internacionais pela soja brasileira poderão aumentar. Esse comportamento do mercado é resultado da guerra comercial entre China e Estados Unidos. Acredita-se que, assim como a Argentina, o Brasil também poderá importar o grão dos americanos e em quantidade ainda maior. O país nunca importou mais do que 580 mil toneladas por ano.

O desacordo entre os Estados Unidos e a China se deu após os americanos confirmarem uma segunda rodada de taxas sobre os produtos chineses, o que provocou uma reação negativa do país asiático.

Nesse caminho, Brasil e Argentina podem ser a saída para os chineses. Como resultado da crescente demanda que os brasileiros terão com a exportação do produto, o país poderá importar a soja dos Estados Unidos para abastecer o mercado interno.

Anderson Galvão, diretor da consultoria Céleres, acredita que o Brasil possa atingir um total de importação 1 milhão de toneladas neste ano. O que pode afetar também os preços no país.

A previsão é de que as movimentações dos EUA comecem entre o final de outubro e começo de novembro, no período de entressafra.

Fonte: http://www.projetosojabrasil.com.br/brasil-pode-importar-quantidade-historica-de-soja-boa-parte-dos-eua-dizem-consultorias/