Centro-Oeste deve ter chuva até início de março

20 de fevereiro de 2018 - 18:14

Meteorologista explica que umidade no campo é normal para períodos de La Niña

A região Centro-oeste do Brasil deve continuar a ter altos volumes de chuva pelo menos até o início de março, enquanto a previsão para as áreas mais ao sul é de quantidades menores. É o que mostram os mapas meteorológicos do sistema Agrosomar, da Somar Meteorologia.

“O que está acontecendo não é nada anormal para anos de La Niña”, explica o meteorologista Celso Oliveira, em referência ao fenômeno climático. “Deve persistir até o início do outono, com mais chuva ao norte do Brasil”, acrescenta. Diferente de janeiro, diz ele, quando a parte sul teve mais chuva.

Os volumes elevados de chuva têm trazido preocupação para os sojicultores de Mato Grosso, principal produtor do grão no país. A colheita fica inviabilizada em dias chuvosos. E, quando é possível colher, soja de ciclo precoce é retirada da lavoura com índices de umidade acima dos padrões, o que interfere no peso do grão e na rentabilidade da safra.

Ainda assim, o Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea) revisou para cima a expectativa de produção no Estado, de 30,6 para 30,9 milhões de toneladas. Os técnicos consideram que o mesmo clima que atrasou o início do plantio acabou sendo favorável na fase de desenvolvimento das plantas, levando à revisão dos indicadores de produtividade.

Eles ponderam, no entanto, que este mês decisivo para a consolidação das produtividades. Além do efeito sobre a soja no ponto de colheita, resta saber como as chuvas vão afetar os grãos de ciclo médio e tardio. Segundo o Imea, até o final da semana passada, as máquinas tinham passado por 28,63% da área plantada, de 9,42 milhões de hectares.

“Outubro foi muito seco e plantou-se mais tarde. Isso empurrou a colheita para o período mais chuvoso do ano. Hoje, há uma condição um pouco melhor em Mato Grosso. Mas deve durar pouco tempo”, alerta Celso Oliveira, da Somar.
.
.
Fonte: https://revistagloborural.globo.com